O mágico de Carmo de Minas: Murilo Rubião e a cartola da reescrita

Raul Colaço

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar, especificamente, o conto “O exmágico
da Taberna Minhota”, levando em consideração o projeto estético de Murilo
Rubião e as possíveis semelhanças com o autor tcheco Franz Kafka. Para fundamentar
o estudo, foram utilizados Alcides (2006), Arrigucci Júnior (1974) e Schwartz
(2006). Assim, como conclusão, percebeu-se uma estreita conexão entre o protagonista
da narrativa, o ex-mágico, e a figura do escritor, relação esta que pode ser
expandida, ainda, à compreensão do papel docente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.