DIRETRIZES PARA PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO IMPRESSO PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA REVISÃO CRÍTICA

Estela Carielli de Castro

Resumo


Este artigo visa apresentar o estado da arte das pesquisas acadêmicas sobre a produção de material didático impresso nos cursos de Educação a Distância referente ao estabelecimento de diretrizes para elaboração dos textos. Nos apoiando em Bakhtin (apud Gary e Emerson, 2008) e Maingueneau (2011), problematizamos as concepções que orientam a produção de um bom material didático, centrando-nos na noção de interação. Por fi m, defendemos a construção de um ethos que dará corpo ao autor e à proposta pedagógica do curso e que ajudará a criar um laço signifi cativo entre o aluno, o professor e a instituição de ensino.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.