Desenvolvimento das capacidades humanas: Caminho para uma justiça global

Karen Franklin

Resumo


A partir dos dez princípios para a estrutura global, descritos por Martha Nussbaum em ‘Para Além do Contrato Social: Capacidades e Justiça’ (In. Educação e Justiça Social, Portugal: Ed. Pedago, 2014), analisaremos como o desenvolvimento das capacidades humanas devem ser priorizadas nas relações transnacionais. Considerando que a busca pela normatização faz parte determinante da forma com que se aborda um problema ou dilema político, buscaremos estabelecer a importância das contribuições da ethic of care no tratamento das relações políticas e nos contratos entre povos. Postula-se que no mundo globalizado outros elementos devem ser considerados nessas relações, como a solidariedade, a amizade ou o care, pois a diferença entre povos exige que, para o estabelecimento de uma estrutura global justa, sejam desenvolvidas capacidades humanas no interior das nações. John Rawls é debatedor de fundo de Nussbaum, ao qual buscaremos recursos teóricos para efetivar cooperações entre as nações sem que signifiquem quebra de soberania. Nesse sentido referendamos que as concepções de democracia mínima, presentes na estrutura básica global solidária, estão conectadas às disposições políticas dos povos.


Palavras-chave


Ethic of care; justiça; capacidades humanas; educação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.