Uma Teoria da Consciência

Gabriel Dutra, Tarik De Athayde Prata, David Rosenthal

Resumo


Uma divisão cuidadosa de tarefas muitas vezes facilita nossa compreensão das coisas. Isso não é menos verdadeiro no estudo da mente que em outras áreas de investigação. Por exemplo, por causa da diferença radical entre os aspectos intencionais e sensoriais dos estados mentais é amplamente aceito que nós faremos progresso ao estudar cada tipo de propriedade independentemente da outra. Claro que muitos fenômenos mentais, como percepções e emoções, possuem os dois tipos de propriedade; no entanto, há outros estados mentais que exibem apenas uma das duas. E a diferença entre um caráter intencional e um sensorial é tão pronunciada que o estudo de cada um deles levanta problemas distintos. Realizar investigações independentes nos permite ignorar os problemas irrelevantes.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Perspectiva Filosófica - ISSN: 2357-9986

Esta é uma revista de acesso aberto. Isto significa que todo o conteúdo está disponível de maneira livre e gratuita para o usuário (a) ou para sua instituição. Aos usuários (as) é permitido ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, fazer buscas e usar o link para os textos completos de artigos ou usá-lo para qualquer outra finalidade legal, sem ter que pedir permissão para editores ou autores. 

Licença Creative Commons
Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva Filosófica está indexada atualmente pelo DIADORIM, pelo Sumário.org, pelo Google Scholar, pela REDIB e pelo LATINDEX.