Vícios intelectuais, motivação e responsabilidade

Bruno Tenório Coelho

Resumo


Neste artigo argumento a favor de um pluralismo acerca dos vícios intelectuais. Na primeira seção apresento o obstrucionismo, que define os vícios intelectuais como obstáculos que impedem ou limitam a obtenção de conhecimento. Em seguida, descrevo uma segunda proposta, a qual argumenta que os vícios intelectuais resultam de motivações não instrumentais opostas aos bens epistêmicos. Argumento que a abordagem redutiva não é bem sucedida. Há casos de vícios intelectuais não resultam de uma má motivação. Após apresentar e discutir o obstrucionismo e a abordagem motivacional, considero uma recente preocupação, segundo a qual há um problema de responsabilidade na epistemologia dos vícios.

Palavras-chave


Vícios Intelectuais; Epistemologia das Vícios; Motivação; Responsabilidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Bruno Tenório Coelho