Análise de 1 Coríntios 2,1-5: Paulo De Tarso em Comparação com os Estoicos sobre “sabedoria”

Diogo da Luz

Resumo


Neste artigo elaboramos um estudo exegético de 1C oríntios 2,1-5 com o objetivo de cotejar com a visão estoica de sabedoria. Na perícope em questão, assim como no contexto de 1 Coríntios, Paulo torna explícita sua defesa de superação do ideal de sabedoria, pois defende que esta ainda se encontra no nível humano, não divino. Ao fazer isso, o apóstolo se opõe a uma das principais linhas filosóficas de sua época, o estoicismo, uma vez que os estoicos têm por finalidade justamente a sabedoria, ou mais objetivamente, a vida sábia.


Palavras-chave


Paulo. Coríntios. Estoicos. Sabedoria.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Diogo da Luz

Esta é uma revista de acesso aberto. Isto significa que todo o conteúdo está disponível de maneira livre e gratuita para o usuário (a) ou para sua instituição. Aos usuários (as) é permitido ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, fazer buscas e usar o link para os textos completos de artigos ou usá-lo para qualquer outra finalidade legal, sem ter que pedir permissão para editores ou autores. 

Licença Creative Commons
Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva Filosófica está indexada atualmente pelo DIADORIM, pelo Sumário.org, pelo Google Scholar, pela REDIB e pelo LATINDEX.