A Estratégia de uma Guerra Esquecida: fundamentos estratégicos aplicados à questão do Saara Ocidental

Sylvio de Souza Ferreira, Eduardo Xavier Ferreira Glaser Migon

Resumo


A presente comunicação tem por finalidade analisar a estratégia utilizada pelo Marrocos e pela República Árabe Saaraui Democrática (RASD) ao longo da disputa pelo controle do Saara Ocidental. Trata-se de pesquisa qualitativa que teve por objetivo geral estudar a dinâmica do conflito a partir de pressupostos da teoria da estratégia. O referencial teórico foi construído a partir das ideias de Clausewitz, Maquiavel e Sun Tzu, enquanto a base empírica é consequência de estudo de caso associado à realidade do conflito propriamente dito. Verifica-se que o Marrocos adotou estratégia preponderantemente direta, enquanto os Saaraui adotaram estratégia associada a conflito de longa duração e baixa intensidade, em posturas bastante divergentes entre si. Apesar de a disputa territorial prosseguir sem solução, opina-se pela ligeira superioridade da estratégia adotada pela RASD, na medida em que esta, em inferioridade absoluta de meios, vem conseguindo manter o conflito latente.

Palavras-chave


Estratégia, Conflito, Saara Ocidental, Marrocos, República Árabe Saaraui Democrática.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4