Instituições democráticas e participação: um estudo sobre as instituições participativas no Brasil

Fernanda Maria Lira Menezes

Resumo


Este artigo objetiva caracterizar o conceito referente a Instituições Participativas (IP’s) estabelecendo uma relação entre dois estudos sobre o tema: “Instituições Participativas e Políticas Públicas no Brasil: características e evolução nas últimas duas décadas” de autoria de Lopez e Pires (2010), publicado sob exclusividade do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o artigo Pluralização da representação política e legitimidade democrática: lições das instituições participativas no Brasil, de Almeida (2014). Neste sentido, examina-se como se constituem essas representações políticas focalizando, de maneira particular, os espaços mistos. Buscando, portanto, fortalecer a significância da democracia e a manutenção da representatividade da cidadania por meio de instituições que influenciam em processos deliberativos, na visão desses autores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: