Relações de gênero e misoginia na construção da imagem pública de Dilma Rousseff

Elizabeth Christina de Andrade Lima, Jessica Thais Pereira de Oliveira

Resumo


O artigo analisa as campanhas de 2010 e 2014 de Dilma Rousseff no ciberespaço e busca fazer um recorte de gênero. Uma mulher fora dos padrões estéticos estabelecidos pela sociedade, porém que se utiliza da singularidade do feminino para montar sua imagem perante os eleitores.
Uma candidata que transita entre o masculino e o feminino e se apodera de aspectos de ambos os mundos para moldar sua figura, se enquadrando assim nos modelos de candidaturas femininas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Estudos e Investigações Antropológicas
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE – Brasil
reiappga@gmail.com