OS POTIGUARA DE MONTE-MÓR E A CIDADE DE RIO TINTO: A MOBILIZAÇÃO INDÍGENA COMO REESCRITA DA HISTÓRIA

Estêvão Martins Palitot

Resumo


O presente artigo analisa os processos de reorganização étnica das famílias indígenas Potiguara das aldeias Vila Monte-Mór e Jaraguá, localizadas no município de Rio Tinto – Paraíba. A contextualização histórica desses processos implica numa revisão crítica da historiografia local e de seus argumentos hegemônicos, contrastados na arena pública pela mobilização indígena contemporânea. Em disputa encontram-se não apenas o controle sobre recursos naturais e territoriais, mas também elementos simbólicos e diferentes versões sobre a história da cidade e de seus habitantes.

Palavras-chave: índios Potiguara. Rio Tinto. Mobilizações Étnicas. Pós-industrial. Monte-Mór.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Estudos e Investigações Antropológicas
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE – Brasil
reiappga@gmail.com