¨A NATUREZA MUITO NOS ENSINA E A LUTA TAMBÉM”: Uma Análise Organizacional a partir das Assembleias do Povo Indígena Xukuru do Ororubá.

Whodson Silva

Resumo


O presente trabalho apresenta uma análise das Assembleias anuais do grupo indígena Xukuru do Ororubá, situado no município de Pesqueira/PE, a partir do prisma dos Estudos Organizacionais. Destaca, especificamente, as concepções e significações do organizar, dentro de uma perspectiva do Bem Viver, em especial da prática de dividir tarefas e tomar decisões. Nesse sentido, visibiliza um modelo de arranjo organizacional pautado em uma lógica diferente das contempladas nas teorias clássicas e hegemônicas dos estudos da Administração ou management. As fontes principais para este exercício são os elementos etnográficos, analisados à luz da interdisciplinaridade entre os Estudos Organizacionais e a Antropologia. Conclui-se, que o Bem Viver, revelado na força da Mãe Natureza, é um elemento importante da cosmologia deste povo e interfere no ato de gerir recursos desta coletividade. Nessa direção, evidencia os processos de como os sujeitos criam e recriam suas próprias maneiras de dividir tarefas e tomar decisões em seu espaço territorial, neste caso específico de caráter étnico-geográfico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Estudos e Investigações Antropológicas
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE – Brasil
reiappga@gmail.com