Espaços e rituais na Panhuasca, Pernambuco, Brasil

Miguel Colaço Bittencourt, Virgilio Bomfim

Resumo


Este ensaio faz um recorte temporal dos espaços e rituais realizados pela Sociedade Panteísta Ayahuasca - Panhuasca, grupo religioso ayahuasqueiro com modalidade ritualística de consagração filosófica. Nascido no estado de Pernambuco, numa região de preservação da Mata Atlantica, o movimento panteísta definitivamente enraizou nesta região, despertando novos elementos e caracteristicas religiosas/ filosóficas no campo de religiosidades ayahuasqueiras, principalmente, no Nordeste brasileiro. Este ensaio apresenta espaços, objetos que dialogam com a circulação das práticas ayahuasqueiras panteístas ao longo de 20 anos. A narrativa é composta por uma linha temporal e espacial, que representa a estrutura e anti-estrutura, nos termos de V. Turner, que nos levam a compreender as particularidades ritualísticas e estágios liminares em aspectos coletivos e organizacionais.

Texto completo:

Ensaio

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Estudos e Investigações Antropológicas
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE – Brasil
reiappga@gmail.com