A importância da higienização das mãos no controle das infecções em serviços de saúde

Renê Ferreira da Silva Junior, Diego Dias de Araújo, Elaine Cristina Santos Alves, Ricardo Otávio Maia Gusmão, Écila Campos Mota

Resumo


RESUMO

Objetivo: identificar a quantidade de unidades formadoras de colônias das mãos de componentes da equipe de enfermagem antes e após de lavá-las com água e sabão e antisséptico. Método: estudo descritivo, transversal de abordagem quantitativa, realizado a partir da coleta de swabs esterilizados das mãos de enfermeiros e acadêmicos de enfermagem, antes de lavá-las, ao lavá-las com água e sabão e após utilização de antisséptico. O material foi coletado, as placas incubadas a 37°C e após 24 horas analisadas. O projeto de pesquisa teve a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, protocolo 646/07. Resultados: a utilização de água e sabão pode reduzir a população microbiana presente nas mãos em até 88,7% e a aplicação de produtos antissépticos, em especial de agentes com base alcoólica, pode intensificar a redução microbiana em até 97%. Conclusão: A higienização das mãos é de suma importância na prevenção e controle das infecções em serviços de saúde. Descritores: Lavagem das Mãos; Controle de Infecções; Educação em Saúde.

ABSTRACT

Objective: to identify the number of colony forming units in the hands of members of the nursing team before and after washing them with soap and water and antiseptic. Method: descriptive, cross-sectional study, with quantitative approach, carried out from the collection of sterile swabs from the hands of nurses and nursing students, before washing them with soap and water and after the use of antiseptic. The material was collected, the plates incubated at 37°C and, after 24 hours, analyzed. The Research Ethics Committee approved the research project, protocol 646/07. Results: using soap and water can reduce the microbial population present in the hands by up to 88.7% and applying antiseptic products, especially alcohol based agents, can intensify the microbial reduction in up to 97%. Conclusion: Hand hygiene is of paramount importance to prevent and control infections in health services. Descriptors: Hand Washing; Infection Control; Health Education.

RESUMEN

Objetivo: identificar el número de unidades formadoras de colonias de las manos de los miembros del personal de enfermería antes y después de lavarlas con agua y jabón y antiséptico. Método: estudio descriptivo, transversal, con un enfoque cuantitativo, realizado a partir de la recogida de los hisopos esterilizados de las manos de los enfermeros y estudiantes de enfermería antes de lavarlas con agua y jabón y después de usar un antiséptico. El material fue recogido, las placas, incubadas a 37°C y, después de 24 horas, analizadas. El proyecto de investigación fue aprobado por el Comité Ético de Investigación, protocolo 646/07. Resultados: el uso de agua y jabón puede reducir la población microbiana presente en las manos a 88,7% y la aplicación de producto antiséptico, en particular agente basado en alcohol, puede aumentar la reducción microbiana de hasta 97%. Conclusión: La higiene de manos es de suma importancia en la prevención y control de infecciones en los servicios de salud. Descriptores: Lavado de Manos; Control de la Infección; Educación para la Salud.


Palavras-chave


Lavagem das mãos. Controle de infecção. Educação em Saúde.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v10i6a11268p4880-4884-2016



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios