QUEIJO DE COALHO: TRADIÇÃO CULTURAL E ESTRATÉGIA DE REPRODUÇÃO SOCIAL NA REGIÃO NORDESTE

Sônia Mendonça Menezes

Resumo


Resumo

Este artigo trata de algumas reflexões sobre a importância da valorização do queijo artesanal, como um patrimônio cultural e uma estratégia de reprodução dos agricultores na região Nordeste. Não obstante essa prática estar inserida predominantemente no mercado informal, esses alimentos estão enraizados na alimentação da população e conseguem conquistar novos mercados. A manutenção de tais produtos nos mercados tradicionais e a inserção em novos nichos impulsiona a produção e a comercialização e fortalece essa estratégia de reprodução no meio rural, ao gerar renda e postos de trabalho. No presente, isso tem implicações econômicas, culturais e sociais. Apesar disso, as políticas públicas pouco valorizam e interessam por tais atividades mais tradicionais, que não se encontrem inseridas no mercado formal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.