Revolução Agroecológica – O Movimento de Camponês a Camponês da ANAP em Cuba

Izabela Cristina Gomes da Silva

Resumo


O livro inicia-se ressaltando que é um relato de como cresceu, em uma ilha, um movimento impulsionado pela convicção de seus camponeses. Distribuído em oito capítulos, sendo os dois primeiros para contextualizar historicamente as condições socioeconômicas, culturais e políticas precedentes à chegada do Movimento de Camponês a Camponês em Cuba. Já os capítulos 3, 4, 5, 6 e 7 caracterizam o movimento colocando as questões políticas e metodológicas que o envolvem. Aborda também o crescimento do movimento CAC na ilha, a estrutura da ANAP, a questão de gênero dentro das práticas agroecológicas e o papel do Estado para o desenvolvimento do CAC em Cuba. Enquanto o último capítulo relata as conclusões do livro.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES