Desastres Naturais e Percepção de Risco da População: um estudo de caso da inundação em Palmares (PE) em 2010

Adriana Cassiano da Silva, Laryssa Sheydder De Oliveira Lopes, Jeissy Conceição Bezerra da Silva

Resumo


O presente artigo analisou o ritmo pluviométrico associado ao risco de desastres no município de Palmares no ano de 2010, bem como a percepção por parte dos moradores sobre sua intervenção e contribuição para a potencialização das perdas sociais e econômicas, no intuito de contribuir com conhecimentos a respeito da convivência em áreas de riscos. Para isso, a metodologia foi baseada na interpretação rítmica, com análises em imagens de satélite GOES 12, no canal infravermelho e cartas de superfície do INPE/CPTEC. Assim, objetivou-se analisar os eventos causadores de grande precipitação, quais foram os impactos desses eventos na geomorfologia local, bem como suas consequências e por fim avaliar a relação social com áreas de riscos. Nesse contexto, constatou-se que a ocorrência de eventos de grande magnitude compromete as estruturas geomorfológicas principalmente quando associadas à ocupação humana, e que na área de estudo não há a percepção de que a ocupação realizada pelos moradores potencializou esses eventos, bem como o conhecimento de suas causas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.