DA TERRA SECA À TERRA MOLHADA: REVISITANDO EUCLIDES DA CUNHA

Antenor da Silva Ferreira, Odenei de Souza Ribeiro, Aldenor da Silva Ferreira

Resumo


Este trabalho constitui-se num exercício exegético das obras “Os Sertões” e “À Margem da História”, de Euclides da Cunha. Realiza-se uma comparação entre as duas obras sobre os temas Integração regional, Paisagem e Topofilia. Os objetivos são: identificar como o autor entende e propõe a integração das regiões Nordeste e Norte à nação brasileira e, ainda, compreender como o autor classifica a paisagem e os espaços do Nordeste e da Amazônia. A metodologia consta de pesquisa bibliográfica, um exame das duas obras, sem negligenciar os demais escritos do autor, bem como fontes secundárias. A temática da integração regional é a grande contribuição de Euclides da Cunha, pioneiro nesse tema, em relação à integração da Amazônia. O autor descreve a paisagem para valorizar a luta do sertanejo contra a natureza, evidenciando-lhe a bravura, traço psicológico proposto por ele como o cerne da nacionalidade e modelo para a nação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES