A GESTÃO DEMOCRÁTICA NUMA ESCOLA DE REFERÊNCIA EM ENSINO MÉDIO SEMI – INTEGRAL: PERSPECTIVAS DA COMUNIDADE ESCOLAR

Estefane Domingos de Souza, Edson Francisco de Andrade

Resumo


O presente trabalho trata-se de uma pesquisa realizada em uma Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) da Rede Estadual de Ensino de regime semi-integral, que objetivou identificar se a mesma possui uma gestão democrática efetiva a partir das perspectivas da comunidade escolar. O motivo da escolha dessa instituição foi devido a mesma ter feito parte da minha formação na educação básica durante o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio e pelo destaque muito relevante na história da cidade do Jaboatão dos Guararapes, que na década de 70 a escola tinha vestígios do período escravocrata com pelourinho e o tráfico de escravos pelo Rio Jaboatão. A pesquisa possui relevância no que diz respeito à efetivação da gestão democrática na escola pública e as vivências da comunidade escolar que trouxeram suas percepções a partir dos princípios de: autonomia, descentralização e participação. Na Constituição Federal o item VI do art. 206 (BRASIL, 1988) diz que a gestão democrática deve estar no ensino público e na forma da lei. Ela se articula com o princípio de igualdade que dá a todos que fazem parte a condição de sujeitos com participação efetiva, igualitário poder de decisão e intervenção com a criação de mecanismos que viabilize as iguais possibilidades de opções e ações diante as decisões (CAMARGO; ADRIÃO, 2003, p. 30) [Apud (CAMARGO; CRUZ; GOUVEIA; OLIVEIRA, 2009)]. A formação do gestor que deve desenvolver uma postura crítica e democrática que dialogue e considere a pluralidade dos sujeitos presentes na escola que busque a autonomia, que favoreça a participação em todos os espaços da escola e transparência para sociedade (GRACINDO, 2009, p.143) trazendo para o contexto das escolas estaduais que adotaram Programa Educação Integral da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco. 

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição da Republica Federativa do Brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988, com as alterações determinadas pelas Emendas Constitucionais de Revisão nos 1 a 6/94, pelas Emendas Constitucionais nos

/92 a 91/2016 e pelo Decreto Legislativo no 186/2008. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, p.123, 2016.

CAMARGO. Rubens Barbosa de, CRUZ. Rosana Evangelista da, GOUVEIA. André Barbosa e OLIVEIRA. João Ferreira de. Gestão democrática e qualidade de ensino em escolas de educação básica. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 3, n. 4, p. 149-162, jan./jun. 2009.

GRACINDO. Regina Vinhaes. O gestor escolar e as demandas da gestão democrática Exigências, práticas, perfil e formação. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 3, n. 4, p. 135-147, jan./jun. 2009.

EREM Rodolfo Aureliano: a unidade de ensino que preserva a história de Jaboatão dos Guararapes. Disponível em: Acesso em: 10 out. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)