A INFLUÊNCIA DAS BARREIRAS ATITUDINAIS NAS PRÁTICAS DA GESTÃO E PEDAGÓGICAS: A REALIDADE DE UMA ESCOLA DE VITÓRIA DE SANTO ANTÃO

Franciane de Souza Silva, Larissa de Lima Canêjo

Resumo


Nos últimos anos, a Educação Especial na perspectiva inclusiva tem ganhado cada vez mais ênfase e, assim, avançado positivamente no cenário educacional do país. Contudo, ainda, há muito a ser feito para que a educação seja, de fato, inclusiva e, para que a escola cumpra efetivamente todas as suas funções (acadêmica, social e cultural). Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo analisar a influência das barreiras atitudinais nas práticas da gestão e pedagógicas, em uma escola que se autodenomina inclusiva mas ainda mantém o antigo modelo de Classe Especial e, a partir dessa análise, possibilitar uma reflexão sobre a distância existente entre o que é proposto nas legislações acerca dos direitos educacionais das pessoas com deficiência e a realidade desses indivíduos na escola em que o estudo foi realizado. A escolha da temática aconteceu devido a disparidades constatadas – a partir de estudos bibliográficos e observações realizadas – que geram consequências negativas para os alunos com deficiência. A escolha de enfatizar essa análise numa Classe Especial ocorreu por saber que a recomendação das legislações vigentes é que alunos com deficiência sejam inclusos nas salas regulares de ensino – acompanhados pelo Atendimento Educacional Especializado (AEE), possuindo todos os recursos específicos necessários para a devida assistência no processo de ensino-aprendiza

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Promulgada em 20 de dezembro de 1996. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, ed. 2, 2018. Disponível em: http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/544283/lei_de_diretrizes_e_bases_2ed.pdf . Acesso em: 10 de novembro de 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília. 2007.

GLAT, Rosana; FERNANDES, Edicléa Mascarenhas. Da educação segregada à educação inclusiva: Uma breve reflexão sobre os paradigmas educacionais no contexto da educação especial brasileira. Revista Inclusão, MEC/SEESP, n. 1, Out/2015. p. 35-39.

LIMA, Francisco J.; SILVA, Fabiana Tavares dos Santos. Barreiras atitudinais: Obstáculos à pessoa com deficiência na escola. In: SOUZA, Olga Solange Herval (Org). Itinerários da inclusão escolar: Múltiplos olhares, saberes e práticas. Canoas: Ed. ULBRA; Porto Alegre: AGE, 2008. p. 23-32


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)