EDUCAÇÃO NÃO FORMAL E O PROJETO JOVEM CIDADÃO NO DETRAN DE PERNAMBUCO

Gleudson Hebert Trajano de Menezes, Vandilson Batista dos Santos, Viviane de Bona

Resumo


A educação não formal oferece a possibilidade de recursos pedagógicos alternativos, onde os jovens podem aprender novos conhecimentos por métodos diferentes (LOPES, et al., 2017). Com vistas a trazer os jovens a realidade do trânsito de forma que na prática, eles possam entender que o consumo de álcool antes ou durante a direção pode provocar acidentes graves, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) cria o Projeto Jovem Cidadão (PJC). Tomando conhecimento referente às ações desenvolvidas neste projeto, surgiram questionamentos a respeito de como um órgão público voltado para a educação para o trânsito poderia conscientizar jovens e crianças sobre o uso consciente do veículo automotivo quando estes estiverem com idade permitida para utilizá-los. Sendo assim, levantamos a seguinte questão: Será que a intervenção com os jovens em idade anterior a que se obtém a permissão à direção, pode realmente provocar o seu futuro uso consciente, separando álcool e direção? Para tanto, a pesquisa teve como objetivo geral compreender quais os benefícios propostos pelo Projeto Jovem Cidadão (PJC) na perspectiva do seu Público-Alvo. Como objetivos específicos elencamos: analisar as contribuições do PJC na formação dos alunos em relação ao uso álcool e direção; e compreender a metodologia aplicada pelo PJC com os estudantes participantes.

Texto completo:

PDF

Referências


BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação. São Paulo: Brasiliense, 2007.

BRUNS, César B. Educar para o trânsito: Trânsito, Cidadania e Meio Ambiente. Curitiba: TECNODATA, 2006.

GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas nas escolas. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 14, n. 50, p. 27-38, jan./mar. 2006.

LOPES, Ana Cláudia Fernandes; et al. A educação não formal: Um espaço alternativo da educação.2017. Disponível em: www.educere.bruc.com.br

/arquivo/pdf2017/25198_12669.pdf. Acesso em 11/12/2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)