CARÁTER NACIONAL E CULTURA NA DIPLOMACIA BRASILEIRA

José Alexandre Altahyde Hage

Resumo


Este artigo tenciona analisar alguns pontos do pensamento social brasileiro em face da conexão entre o caráter nacional e manifestações da diplomacia brasileira de ordem sociológica. Em outra instância, o texto procura saber se algumas medidas consideradas tradicionais e exercidas pela diplomacia brasileira, como oposição ao racismo e o apoio que o Itamaraty emprega na igualdade dos povos, teriam referência não somente no caráter nacional mas também nas reflexões herdadas do pensamento social brasileiro desde o século XIX. Para esse fim, são analisadas algumas obras de escritores considerados clássicos no pensamento social, como Silvio Romero e Gilberto Freyre, bem como opiniões de diplomatas, caso de Araújo Castro, e políticos que participaram da diplomacia brasileira, como Afonso Arinos.

Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427