MENO E A INTERNET: entre a memoria e o arquivo

Howard Caygill

Resumo


O artigo discute a medida em que a Internet oferece a possibilidade de uma compreensão renovada da memoria e do conhecimento ou uma versão radicalizada das possibilidades já apresentadas no Meno de Platão. Para responder as questões implicadas aqui, o autor sugere duas linhas de significado intimamente entrelaçadas no texto platônico. Uma interpretação mais convencional do Meno trata a memoria como container ao qual teríamos acesso mediante princípios políticos e econômicos já determinados. Paralelamente a essa interpretação, o autor propõe uma perspectiva em que lembrança e conhecimento são produzidos criativamente, inferidos de modo diagonal de elementos disponíveis. Estas duas possibilidades ainda são aquelas com as quais procuraríamos iluminar as possibilidades sociais e políticas da World Wide Web.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427