A TELENOVELA COMO PRODUTO SOCIOCULTURAL: refletindo sobre um processo de construção de significados

Maria Elizabete Albuquerque Canuto

Resumo


Este trabalho apresenta reflexões sobre a telenovela brasileira, tomando como objeto empírico O Clone, com um enfoque em discursos presentes na sua trama, em busca de compreender contextos socioculturais nela impressos. Nesse percurso, é destacado o referencial teórico-metodológico adotado para esta investigação, que trata da forma segundo a qual práticas sociais e ritos construídos na formação histórico-cultural brasileira articulam-se com elementos diversos, visualizados segundo os códigos valorativos a que se relacionam. Na análise, este produto midiático é visto como um denso artefato sociocultural, fiel a uma certa memória coletiva e capaz de revelar traços expressivos da sociedade na qual e produzido.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427