REPRESENTAÇÕES SOCIAIS: uma teoria para a sociologia?

Márcio S. B. S. de Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho é mostrar, primeiro, como, e talvez porque, o conceito de representações sociais necessitou distanciar-se da sociologia em sua trajetória de afirmação científico-epistemológica. Em seguida, desenvolver teoricamente e mostrar, através da análise de alguns trabalhos que utilizam o quadro teórico-metodológico proposto pela teoria, como este distanciamento está na raiz das dificuldades teóricas e práticas que a Teoria das Representações Sociais (TRS) vem encontrando para explicar as origens sociais das representações, ou seja, para qualificar sociologicamente as representações. Finalmente, procura indicar a existência de compatibilidade entre esta teoria e os pressupostos da atividade sociológica, insistindo que ela, por tratar de fenômenos sociais, de fato assume implicitamente a existência a priori da sociedade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427