O trabalho teórico dos cientistas sociais no Terceiro Mundo: a produção do conhecimento nas condições de subdesenvolvimento e capitalismo dependente

Diogo Valença de Azevedo Costa

Resumo


Resumo

As perspectivas críticas de descolonização do pensamento nas ciências sociais são aqui debatidas em termos das condições de produção do conhecimento nos países subdesenvolvidos e de capitalismo dependente do Terceiro Mundo. Para tanto, foram recuperadas as contribuições de Florestan Fernandes e de Milton Santos na sociologia e na geografia, respectivamente. Seus textos, em particular, refletem sobre o papel da teoria no trabalho dos cientistas sociais no Terceiro Mundo e na periferia subdesenvolvida do capitalismo mundial.

 

Palavras-chave

Trabalho teórico. Subdesenvolvimento. Capitalismo dependente. Terceiro Mundo. Florestan Fernandes. Milton Santos.

 

_____________________________________________________________

Abstract

This article discusses the descolonization of the social sciences in a critical perspective. It focuses on the conditions of the production of knowledge in under-developed and capitalist-dependent countries in the third world. The articles focuses on the contributions from Florestan Fernandes and Milton Santos in the fields of sociology and geography, respectively. Their writings, in particular, discuss the role of theory in the work of social scientists in the third world an in the under-developed periphery of the World Capitalism.

 

Keywords

Theory work. Under-development. Dependented capitalism. Third world. Florestan Fernandes. Milton Santos.


Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427