O terreiro e a cidade: ancestralidade e territorialidade nas políticas de ação afirmativa

Ronaldo Laurentino de Sales Júnior

Resumo


Resumo

Os movimentos sociais negros incorporam em suas narrativas políticas as comunidades religiosas de matriz africana como parte das lutas de emancipação negro-africana no Brasil. A identidade “negro-africana” articula as diversas identidades sociais, políticas ou religiosas do campo afro-brasileiro. A ancestralidade, como relação entre “negritude/africanidade”, converte-se em lugar de uma tensão, conformando as demandas dos movimentos religiosos afro-brasileiros como religiões “territoriais” em sua luta pelo uso do espaço urbano. O “retorno à África” é um modo de territorialização diaspórica do espaço urbano, condicionando a organização política dos movimentos religiosos, a formulação de suas demandas sociais e a implantação das políticas públicas, influenciadas pelos discursos políticos dos movimentos sociais negros, da academia e do Estado.

 

Palavras-chave

Relações étnico-raciais. Ancestralidade. Movimentos sociais negros. Políticas públicas.

 

_____________________________________________________________

Abstract

Black social movements have included in their political narratives the religious communities with African roots as integral to the Black-African struggle for emancipation in Brazil. The “Black-African” identity blends diverse social, political or religious identities into the same category. Ancestry as a relation between negritude/Africanness becomes an area of tension as the territorial demands of afro-brazilian religious movements conflict for use of urban space. The “return to Africa” movement is a means of diasporic territorialization of urban space, affecting the political organization of the religious movements in the formulation of their social demands and public policies, influenced by the political discoursse of black social movements, of the academia, and of the state.

 

Keywords
Ethnic-racial relations. Ancestry. Black social movements. Public policies.


Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427