Crianças e negociações raciais a partir da telenovela Fina Estampa

Liana Lewis, Emanuele Cristina Santos do Nascimento

Resumo


Resumo

No contexto brasileiro um bem cultural, em particular, a telenovela, se constitui como um campo de representações que, diante de seu poder discursivo, e a partir da apresentação de seus personagens, possui grande contribuição na construção das identidades raciais. Duas perspectivas são válidas a respeito da relação das mídias com o racismo. A primeira é que ela atua apenas na reprodução do racismo, a segunda, utilizada por nós, considera a mídia como produtora desse fenômeno. O objetivo deste texto é analisar como crianças, no âmbito de uma escola privada, negociam a identidade racial a partir das representações da telenovela Fina Estampa da Rede Globo de Televisão.

 

Palavras Chave

Racismo. Mídia. Infância.

______________________________________________________

 

Abstract

In the Brazilian context cultural property, in particular, the soap opera, is constituted as a field of representations that, before his discursive power, and from the presentation of his characters, has great contribution in the construction of racial identities. Two perspectives are valid on the relationship of the media with racism. The first is that it works only in the reproduction of racism, the second, used by us, considers the media as a producer of this phenomenon. The aim of this paper is to analyze how children as part of a private school, negotiate racial identity from the representations of the soap opera Fina Estampa of Globo TV.

 

Key Words

Racism. Media. Childhood.


Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427