O pós-Copa do Mundo em Pernambuco: legado urbano ou herança imobiliária?

Tomás de Albuquerque Lapa, José de Souza Brandão Neto

Resumo


Resumo

 

Neste artigo, o objeto empírico de reflexão é a cidade do Recife, para o qual se busca analisar a realização de megaeventos esportivos, como forma de mobilizar investimentos vultosos e dar seguimento ao processo de especulação imobiliária. Interessa, portanto, analisar os efeitos desse modelo sobre a dinâmica de funcionamento da cidade. Trata-se de analisar o caso da Região Metropolitana do Recife, no Estado de Pernambuco, como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Ao final, vê-se que parcerias entre setor público e privado são a forma de concretizar o “pacto urbano” que permitirá associar a visão dos planejadores públicos com a agilidade e senso de mercado das instituições privadas. Diante disto, o artigo tem como objetivo trazer à luz elementos que permitam a compreensão da lógica de organização do espaço metropolitano do Recife, de modo a subsidiar a avaliação da importância do legado que poderá permanecer após a realização dos jogos internacionais.

 

Palavras-chave: megaeventos, legado urbano, parceria público-privado

 

_________________________________________

 

Abstract

 

In this paper, the empirical object of the reflection is the city of Recife. It aims to analyze the realization of mega sportive events as a way of mobilizing huge investments to continue the process of building speculation. The interest, therefore, is to analyze the effects of these models on the dynamics of the city. So, this paper searches to analyze the case of the Metropolitan Region of Recife, the capital of the State of Pernambuco, as one of the 2014 World Cup host cities. In the end, we see that partnerships between public and private sector are the way to achieve the “urban deal” which will allow bring together the public management vision with the capacity of investment and sense of opportunity of the private institutions. This paper aims to enlighten the comprehension of the organizational logic of the Recife Metropolitan Region (RMR) in order to evaluate the importance of the legacy which can remain after the realization of the 2014 World Cup.

 

Keywords: mega events, urban legacy, public and private partnership.



Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427