O USO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SITUACIONAL (PES) EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS: O CASO DA PRÓ-REITORIA DE AVALIAÇÃO E PLANEJAMENTO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Waldecy Rodrigues, Michele Trombini Duarte, Airton Cardoso Cançado

Resumo


Este artigo apresenta a aplicação da metodologia do Planejamento Estratégico Situacional (PES) na Pró Reitoria de Avaliação e Planejamento (PROAP), e os primeiros resultados deste processo. Entende-se que é necessário ressaltar que este planejamento deve ser dinâmico, e de um modo geral adaptar-se a dinâmica do ambiente interno e externo, e de modo especial à dinâmica das pessoas. Por este motivo tão importante quanto a realização do planejamento é
seu monitoramento a fim de promover ajustes que aumentem a capacidade de realizar sua visão de futuro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS: