A concepção social de infância na obra de Graciliano Ramos

Carmen Sevilla Gonçalves dos Santos

Resumo


Este ensaio tem como objetivo identificar alguns dos pontos mais conspícuos da obra de Graciliano Ramos, sobretudo em sua estrutura, em que a concepção social de infância converge para o pensamento de Philippe Ariès acerca da representação da criança na arte medieval nos séculos XII e XIII. Assim, como em Ariès, a concepção social de infância que perpassa a obra de Graciliano revela a percepção de criança como um adulto em miniatura e, mais que isso, um adulto que não produz, tornando-se um estorvo para a família.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor W. 2003. Posição do narrador no romance contemporâneo. In:Notas de Literatura 1. São Paulo: Duas Cidades, Editora 34.

ARIÈS, Philippe. 1985. História Social da Criança e da Família. Trad. Dora Flaksman. 2° ed. Rio de Janeiro: LTC Editora.

CANDIDO, Antonio. 1961. Apresentação de Graciliano Ramos. In: Graciliano Ramos. Rio de Janeiro: Agir. (Coleção Nossos Clássicos).

_____. 2000. Literatura e Sociedade: estudos de teoria e história literária. 8° ed. São Paulo: T.A.Queiroz.

_____. 1992. Ficção e confissão: ensaios sobre Graciliano Ramos. Rio de Janeiro: Editora 34.

GARBUGLIO, José Carlos et ali (Org.). 1987. Graciliano Ramos: a tradição do isolamento. In: Textos sobre Graciliano Ramos. São Paulo: Editora Ática. (Coleção Escritores Brasileiros, Antologia & Estudos, 2).

LAFETÁ, João Luiz. 1977. O mundo à revelia. In: RAMOS, Graciliano. São Bernardo. Rio de Janeiro: Record, pp. 173-197.

LIMA, Luiz Costa. 1981. Dispersa demanda: ensaios sobre literatura e teoria. Rio de Janeiro: Francisco Alves.

LUKÁCS, George. 2000. A teoria do romance: um ensaio histórico-filosófico sobre as formas da grande épica. Trad. José Marcos Mariani de Macedo. São Paulo: Duas Cidades: Editora 34. Coleção Espírito Crítico.

MENDONÇA, Wilma Martins. 1993. Memórias do cárcere: cativeiro manifesto, cativeiro simulado. Dissertação de mestrado apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal da Paraíba. Orientada pela Prof. Dra. Sônia Lúcia Ramalho de Farias.

NARADOWSKI, Mariano. 1998. Adeus à infância (e à escola que a educava). In: Silva, L. H. (Org.). A escola cidadã no contexto da globalização. Petrópolis: Vozes.

OLIVEIRA, Vera Maria de Matos Ferreira Leão de Alencar. 1978. O Bezerro encourado ou As terríveis armas: uma análise de “Infância” de Graciliano Ramos. Dissertação de Mestrado apresentada ao Departamento de Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Orientada pelo Prof. Dr. Silviano Santiago.

RAMOS, Graciliano. 1995. Infância. Rio de Janeiro / São Paulo: Record; Atalaya. Mestres da Literatura Contemporânea.

_____. 1973. São Bernardo. 21° ed. São Paulo: Martins.

_____. 1986. Memórias do Cárcere. 21° ed. Rio de Janeiro;São Paulo: Record,.Vols I e II.

_____. 1986. Vidas Secas. 57° ed. Rio de Janeiro / São Paulo: Record.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.