A representação social de negros e das cotas raciais em notícias da mídia on-line sobre candidato ao concurso do Itamaraty

Francisco Higo Amorim, Mara Lúcia Castilho

Resumo


Esta pesquisa tem como foco a Análise de Discurso Crítica (ADC) com objetivo de analisar a representação dos negros e das cotas raciais em concursos públicos. Para isso, foram selecionadas cinco notícias veiculadas em 2013 e 2015 sobre uma possível fraude no sistema nos concursos públicos do Itamaraty. Para tanto, a análise se fundamenta em Fairclough (2001), Halliday (2008), Martin e White (2005) e Thompson (1995). Os resultados mostram que os negros são representados como pobres e não têm profissões de prestígio. Já as cotas raciais trouxeram à sociedade discussões consideradas indesejadas e, assim, a mídia demonstra repúdio as cotas.


Texto completo:

PDF

Referências


BONNAFOUS, S.; FIALA, P. Est-ce que dire la race en présuppose l’existence? Mots: les langages du politique, Lyon: ENS Éditions, n. 33, p. 11-22, déc. 1992. Disponível em: . Acesso em: maio 2018.

BRASIL. Edital de 17 de junho de 2013. Concurso de admissão à carreira de diplomata. Diário Oficial da União, Brasília, DF, ano 2013, n. 115, 18 de junho de 2013. Seção 3, p. 114.

______. Edital nº 1, de 23 de junho de 2015. Concurso de admissão à carreira de diplomata. Diário Oficial da União, Brasília, DF, ano 2015, n. 118, 24 de junho de 2015. Seção 3, p. 81.

______. Lei Nº 12.711. 29 de Ago. de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12711.htm>

______. Lei. 12.990, 9 de junho de 2014. Reserva aos negros 20% (vinte por cento) das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos no âmbito da administração pública federal, das autarquias, das fundações públicas, das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União. Disponível em:

CARVALHO, José Jorge de. A Política de Cotas no Ensino Superior: Ensaio descritivo e analítico do Mapa das Ações Afirmativas no Brasil. Universidade de Brasília, 2016.

______. Racismo Fenotípico e Estética da Segunda Pele. Cinética: Revista Eletrônica, Rio de Janeiro, p, 1-14, jan. 2008. Disponível em: . Acesso em: maio 2018.

CORREIO WEB. Candidato que gerou polêmica ao concorrer como cotista, em 2013, volta a se declarar negro. Disponível em . Acesso em 22 Jun. 2018.

EXAME. Médico Branco Se Diz Cotista no Itamaraty. Disponível em . Acesso em 22 Jun. 2018.

EXTRA. Branco de Olhos Verdes é Aprovado por Cotas Raciais no Itamaraty. Disponível em . Acesso em 22 Jun. 2018.

FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e Mudança Social. Brasília: Editora da UnB, 2001.

FERNANDES, Florestan. A Integração do Negro na Sociedade de Classes. Volume I. 3°ed. São Paulo: Globo, 2008.

FONSECA, D. J. A (re)invenção do cidadão de cor e da cidadania. Cadernos do CEAS, Salvador: Centro de Estudos e Ação Social - CEAS, n. 210, p. 65-83, mar.;abr. 2004.

FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala: Formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. 51ª ed. rev. São Paulo: Global, 2006.

FUZER, Cristiane; CABRAL, S. R. S. Introdução à Gramática Sistêmico-Funcional em Língua Portuguesa. 1ª. ed. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2014.

HALLIDAY, Michael A. K. & MATHIESSEN, Christian M. I. M. An introduction to functional grammar. 3. ed. Londres: Arnold, 2004.

HALLIDAY, Michael A. K. An introduction to functional grammar. London: hodder, [1984] 1994.

IPEA. Situação social da população negra por estado. In: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. Brasília: IPEA, 2014.

KAMEL, Ali. “Racismo e fraude”. O Globo, 15/06/2004.

MARTIN, James R; WHITE, Peter. The language of evaluation: appraisal in English. London: Palgrave, 2005.

MOEHLECKE, Sabrina. Ações Afirmaticas: Histórias e Debates no Brasil. Cadernos de Pesquisa, n. 117, p. 197-217, nov. 2002.

NASCIMENTO, A. S; FONSECA, D. J. Classificações e identidades: Mudanças e Continuidades Nas Definições de Cor ou Raça. In: PETTRUCCELI, José Luis; SABOIA, Ana Lúcia (Org.). Características Étnicos-Raciais da População: Classificações e Identidades. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. p. 31-50.

O GLOBO. Candidato de pele branca e olhos verdes volta a ser aprovado por cotas em concurso do Itamaraty. Disponível em . Acesso em 22 Jun. 2018.

PETRUCCELLI, José Luis. Autoidentificação, identidade étnico-racial e heteroclassificação. In:______; SABOIA, Ana Lucia (Org). Características Étnicos-Raciais da População: Classificações e Identidades. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. p. 31-50.

______. Raça, identidade, identificação: abordagem histórica conceitual. In: ______, SABOIA, Ana Lucia (Org). Características Étnicos-Raciais da população: Classificações e Identidades. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. p. 13-29

SANTOS, Hélio; SOUZA, Marcilene Garcia de; SASAKI, Karen. O subproduto social advindo das cotas raciais na educação superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. (online), Brasília, v. 94, n. 237, p. 542-593, maio/ago. 2013.

SCHUCMAN, Lia Vainer. Sim, nós somos racistas. Psicologia & Sociedade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 26(1). 2012, p. 83-94. Disponível em: . Acesso em: 24 de fev. 2018.

THOMPSON, John B. Ideologia e Cultura Moderna: Teoria Social Crítica na era dos Meios de Comunicação de Massa. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995.

VEJA. Itamaraty Analisa Caso de Candidato Branco Aprovado nas Cotas para Negros. Disponível em . Acesso em 22 de Jun. 2018.

VIAN JR, Orlando. O Sistema de Avaliatividade e a linguagem da avaliação. IN: VIAN JR, Orlando; Souza, Anderson Alves de; ALMEIDA, Fabíola A.S.D.P. A linguagem da avaliação em língua portuguesa: estudos sistêmico-funcionais com base no sistema da avaliatividade. São Carlos: Pedro & João, 2010.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.