A DITADURA MILITAR NO DISCURSO MIDIÁTICO: UMA ABORDAGEM DISCURSIVA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Pedro Luís Fagundes do Amaral, Carolina Fernandes

Resumo


Este artigo trata-se de uma pesquisa teórico-prática aplicada na Educação de Jovens e Adultos sobre o tema da ditadura militar no discurso midiático. Analisa-se, neste trabalho, a prática de leitura desenvolvida em sala de aula a partir da perspectiva teórica da Análise de Discurso, observando os movimentos de sentido nos gestos de interpretação dos alunos a partir dos conceitos de paráfrase e polissemia. Ao criarmos condições para a leitura polissêmica por meio do discurso pedagógico polêmico, observou-se que os alunos interpretam mobilizando o arquivo e as filiações ideológicas nos textos da imprensa de modo a desfazer sua aparente neutralidade.


Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, L. Ideologia e aparelhos ideológicos do estado. Lisboa: Editorial Presença, 1980. Tradução de Joaquim José de Moura Ramos.

ALTMANN, H. Influências do banco mundial no projeto educacional brasileiro. Educação e Pesquisa: São Paulo, v. 28, n. 1, jan./jun. 2002, p. 77-89.

AUTOR 02. Título do trabalho. 2015.

BAUMAN, Z. Legisladores e intérpretes. Rio de Janeiro: Zahar, 2010. Tradução de Renato Aguiar.

BRASIL. Câmara dos deputados. Projeto de Lei nº 867, de 2015. “Escola sem partido”. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2018.

COURTINE, Jean-Jacques. Análise do discurso político: o discurso comunista endereçado aos cristãos. Tradução: Cristina de Campos et al. São Carlos: EDUFSCAR, 2014.

CAZARIN, E. A.; MENEZES, E. S. de. A mídia e o golpe de 1964: revista O Cruzeiro como aliada do discurso das forças militares. Conexão Letras. A noção de arquivo em Análise do Discurso: relações e desdobramentos. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, v. 9, n. 11, 2014, p. 111-122.

AUTOR 01. Título do artigo. 2017.

FOUCAULT, M. O governo de si e dos outros. Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

MARIANI, Bethania. O PCB e a imprensa: Os comunistas no imaginário dos jornais 1922-1989.Rio de Janeiro: Revan, 1998.

NASSER, Davi. Revista O Cruzeiro Extra. Rio de Janeiro: Diários Associados, Abril, 1964.

ORLANDI, E. P. A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. São Paulo: Pontes, 1996.

____________. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2010.

____________. Discurso e Leitura. Campinas: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 2012.

PENNA, Fernando. O ódio aos professores. In: AÇÃO EDUCATIVA ASSESSORIA, PESQUISA E INFORMAÇÃO (Org.) A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso. São Paulo: Ação Educativa, 2016.

PÊCHEUX, M. Ler o arquivo hoje. Tradução Bethânia S. Mariani et al. In: ORLANDI, Eni et al. (Org). Gestos de leitura: da história no discurso. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1994, p. 55-66.

____________. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução Eni Orlandi et al. Campinas: Ed. da Unicamp, 2010.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.