O resgate da leitura dos clássicos no ensino médio: caminhos possíveis

Josebede Angélica Guilherme da bSilva

Resumo


A presente experiência se propõe a mostrar o trabalho realizado com fins a despertar nos alunos do ensino médio o gosto pela leitura dos Clássicos de Literatura. Na biblioteca da escola, os clássicos viviam encostados e perdiam espaço para os Best Sellers, o que acabou por provocar-nos uma angústia. Levando em consideração que os livros mais lidos traziam uma linguagem mais acessível aos estudantes e uma trama mais simplificada, resolvemos adotar uma atividade de adaptação teatral para expandir o conhecimento acerca dos Clássicos de Literatura em nossa escola, despertando assim a leitura pelos mesmos.


Texto completo:

331-337

Referências


CAFIERO, D.; CORRÊA, H. T. A abordagem de textos literários em livros didáticos de língua portuguesa de 5ª a 8ª séries. In: VAL, M. G. C. (Org.). Alfabetização e língua portuguesa: livros didáticos e práticas pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2009. (Coleção Linguagem e Educação).

CALVINO, Ítalo. Por que ler os clássicos. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

PAES, José Paulo. “As dimensões da aventura” e “Por uma literatura brasileira de entretenimento (ou: O mordomo não é o único culpado)”, in: A aventura literária. São Paulo: Cia. das Letras, 2000.

RANGEL, Egon O. Letramento literário e livro didático de língua portuguesa: “os amores difíceis”. In: PAIVA, A.; MARTINS, A.; PAULINO, Z. V. (Orgs.). Literatura e letramento: espaços, suportes e interfaces – O jogo do livro. Belo Horizonte: UFMG, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica - ISSN: 2447-6943

Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Colégio de Aplicação da UFPE

Endereço
Avenida da Arquitetura S/N Cidade Universitária
CEP 50740 - 550

Telefones
Secretaria: (81) 2126-8332
Direção: (81) 2126-8335