PLANEJAMENTO DE ATIVIDADES DE MODELAGEM MATEMÁTICA: Um caminho possível

Luzinete Oliveira Mendonça, Celi Espasandin Lopes

Resumo


 

Este trabalho, que possui natureza qualitativa, busca compreensões sobre o planejamento de atividades na perspectiva de modelagem, considerando a importância dessa ação para que o professor inclua essa perspectiva pedagógica em sua prática. Serão analisadas e discutidas, a partir da observação da presença de alguns princípios, atividades desenvolvidas por três professores integrantes de um grupo de natureza colaborativa, o qual toma a modelagem matemática como foco de discussão para implementar a Educação Estatística. Os resultados indicam que as atividades elaboradas dependem da intervenção pedagógica para contemplar os pressupostos epistemológicos da modelagem matemática, considerando que esses, no caso da Educação Estatística, demandam raciocínios específicos, próprios dos fenômenos aleatórios.



Palavras-chave


Planejamento de atividades; Modelagem matemática; Educação Estatística; Formação de professor; Grupo colaborativo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: sergio.abranches@gmail.com