GEOGRAFIA ESCOLAR E AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM: UMA REFLEXÃO A PARTIR DAS AULAS DE GEOGRAFIA EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE SÃO JOÃO DO SABUGI-RN

Elaine Cristina de Medeiros Pereira, Djanní Martinho dos Santos Sobrinho, Tânia Cristina Meira Garcia

Resumo


O trabalho pedagógico da Geografia Escolar necessita está bem organizado, pautado em planejamentos que visem a selecionar conteúdos de ensino, propor metodologias e realizar a avaliação da aprendizagem por meio de instrumentos avaliativos que influenciem significativamente no interesse em aprender do educando e proporcione mecanismos que ajudem esse sujeito a assumir posições diante das mais diversas situações sociais. Assim, esse trabalho busca compreender as práticas avaliativas dos professores nas aulas de Geografia dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, na Escola Estadual Senador José Bernardo, localizada na cidade de São João do Sabugi – RN. Em se tratando de percurso metodológico, foram realizadas pesquisas bibliográficas a autores como: Libâneo (1994), Luckesi (2011), Rabelo e Bueno (2015), Stefanello (2009), Turra (1986), Villas Boas (2004), entre outros, além de pesquisa documental e de campo, através de visitas a instituição, registradas a partir de fotografias e observações das aulas de Geografia. A partir dos dados coletados, constatou-se que o mais importante durante o processo avaliativo do aluno é que o docente seja capaz de identificar as dificuldades existentes e, através disso, buscar soluções para suprir as necessidades, com o intuito de permitir que o sujeito aprenda e desenvolva seus aspectos cognitivos.


Palavras-chave


Geografia Escolar; Avaliação da Aprendizagem; Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51359/2594-9616.2018.240468



INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.