ENSINO REMOTO OU ENSINO A DISTÂNCIA: efeitos da pandemia

Vera Lúcia Menezes de Oliveira e Paiva

Resumo


Este texto discute os efeitos da pandemia causada pela Covid-19 na educação brasileira. Primeiramente, Reflete sobre os termos Educação a Distância, Ensino On-line e Ensino Remoto Emergencial e defende que os nomes mudam como forma de combater o preconceito contra qualquer forma de ensino que não seja o presencial. Em seguida, são apresentados alguns efeitos da pandemia no ensino brasileiro com exemplos de duas secretarias de educação estaduais e as respectivas alternativas para o fechamento das escolas e reflexão sobre as universidades. São discutidos também dois desconfortos sofridos por professores e alunos com o ensino on-line. Professores reclamam que os alunos não abrem as câmeras e alunos sentem falta da presença de seus professores no ambiente on-line. Algumas sugestões são dadas e conclui-se que o ensino nunca será o mesmo novamente, que a Internet tornou-se uma necessidade pública e que as políticas educacionais devem mudar.


Palavras-chave


Educação a Distância; Ensino On-line; Pandemia; Ensino Remoto Emergencial

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, E. P. Educação Remota Emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. EmRede, v. 7, n. 1, p. 257-275, 2020. Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/621. Acesso em: 10 set. 2020.

BACH, S.; HAYNES, P.; SMITH, L. Online learning and teaching in Higher Education. New York: Open University Press/McGraw-Hill Education, 2007.

HOLMBERG, Börje. Theory and practice of distance education. 2nd. ed. London, New York: Routledge, 1995.

BRADFORD, P.; PORCIELLO, M.; BACKUS, D. The blackboard learning system. The Journal of Educational Technology Systems, v. 35, p. 301-314, 2007. Republicado em Internet Archive. Way Back Machine, 2018. Disponível em: http://uupinfo.org/research/working/bradford.pdf. Acesso em: 9 jun. 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB. 9394/1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 27 set. 2020.

BRASIL. Decreto 9.057 de 25 de maio de 2017. Regulamenta o art. 80 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Decreto/D9057.htm#art24. Acesso em: 27 set. 2020.

BRASIL. Decreto 5.662 de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta o art. 80 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5622.htm. Acesso em: 27 set. 2020.

GARRISON, D. R.; ANDERSON, T.; ARCHER, W. Critical inquiry in a text-based environment: computer conferencing in Higher Education. The Internet and Higher Education, v. 2, n. 2, p. 87105, 1999.

HART, R. S. (ed.). The PLATO system and language study. Studies in Language Learning, v. 3, n. 1, 1981.

HODGES, C.; MOORE, S.; LOCKEE, B.; TRUST,T.; BOND, A. The Difference between emergency remote teaching and online learning. Educause Review, 2020. Disponível em: https://er.educause.edu/articles/2020/3/the-difference-

between-emergency-remote-teaching-and-online-learning#fn7. Acesso em: 10 set. 2020.

HOLMBERG, B. Theory and practice of distance education. London: Routledge, 2005.

LEVY, M. Computer-assisted language learning: context and conceptualization. New York: Oxford University Press, 1997.

MASON, Mark, Complexity theory and the Philosophy of Education. Oxford: Wiley-Blackwell, 2008.

MASON, Mark. What is complexity theory and what are its implications for educational change? In: MASON, Mark. Complexity theory and the Philosophy of Education. Oxford: Wiley-Blackwell, 2008. p. 32-45.

MORRISON, K. Educational philosophy and the challenge of complexity theory. In: MASON, Mark. Complexity theory and the Philosophy of Education. Oxford: Wiley-Blackwell, 2008. p. 15-31.

PERNAMBUCO. 2020. Live: Fred Amancio conversa sobre novo cenário da educação básica pós-pandemia. 25 jun. 2020. Disponível em: http://www.educacao.pe.gov.br/portal/?pag=1&cat=37&art=5640. Acesso em: 10 set. 2020.

TOMAZINHO, Paulo. Ensino Remoto Emergencial: a oportunidade da escola criar, experimentar, inovar e se reinventar. 2020.

Disponível em: https://medium.com/@paulotomazinho/ensino-remoto-emergencial-a-oportunidade-da-escola-criar-experimentar-inovar-e-se-reinventar-6667ba55dacc. Acesso em: 10 set. 2020.

TOTI, Michelle Cristine da Silva. Abra sua câmara! Por que esse comportamento é tão difícil para os estudantes? Programa PRODOC: Relações Pedagógicas Professor – Aluno: processos de interação no ERE. 2020. 122 min, son., color. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=rPYB4lkOIVY. Acesso em: 29 set. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS. Conselho de Ensino e Pesquisa. Resolução nº 04, de 03 de junho de 2020. Regulamenta a oferta opcional de componentes curriculares dos Projetos Pedagógicos dos Cursos de graduação da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG), por meio de Ensino Remoto Emergencial, em função da pandemia de Covid-19. Alfenas: Conselho de Ensino e Pesquisa a Universidade Federal de Alfenas, 2020. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/wpcontent/uploads/sites/94/2020/06/Resolu%C3%A7%C3%A3o-04-de-03-de-junho-de-2020.pdf. Acesso em: 29 set. 2020


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores


Estudos Universitários: revista de cultura

Coordenação de Gestão Editorial e Impacto Social

Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

Universidade Federal de Pernambuco

ISSN Edição Digital 2675-7354 - ISSN Edição Impressa 0425-4082

https://www.ufpe.br/proexc - estudosuniversitarios@ufpe.br

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.