GESTÃO DE RH EM JOINT VENTURES INTERNACIONAIS (JVIS)

Fernando Dias Lopes

Resumo


Este artigo consiste em um ensaio teórico e propõe como questão central discutir o papel e os desafios da área de recursos humanos na formação e gerenciamento de

joint ventures internacionais (JVIs). Parte-se do pressuposto que arranjos organizacionais cooperativos, tais como joint ventures, não são fenômenos unicamente econômicos, mas moldados, também, por fatores sociais, políticos e culturais. A partir deste pressuposto, reforça-se a necessidade de considerarem-se as práticas de recursos humanos como estratégicas na realização dos objetivos estabelecidos entre os parceiros. O artigo foi desenvolvido em quatro partes. No primeiro tópico, o autor discute as transformações no ambiente organizacional, dando ênfase à passagem da modernidade para a pós-modernidade, ou da sociedade industrial para a sociedade pós-industrial. Na segunda parte, é apresentada uma definição de JVI, bem como alguns fatores que explicam a sua formação. No terceiro tópico, são tecidas considerações sobre elementos que salientam a importância da área de RH para o gerenciamento de JVIs, verificam-se quais são os grandes problemas referentes ao gerenciamento de RH em JVIs e quais questões devem ser consideradas pelos dirigentes. Por último, são apresentadas as considerações finais, em que são feitas também referências às ações que podem preparar a organização, em termos de RH, para ambientes internacionais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................