O PARADIGMA ESPAÇO-TEMPO: EVOLUÇÃO E MANIPULAÇÃO DO SENTIDO E DO SIGNIFICADO DE ESPAÇO E DE TEMPO NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

Marcelo Milano Falcão Vieira, Paulo Henrique Simas Garrofé

Resumo


Neste trabalho apresentam-se
reflexões a respeito da evolução e
manipulação do sentido e significado de
espaço e de tempo e dos paradoxos e
contradições encontrados no paradigma
espaço-tempo nas organizações
contemporâneas. Primeiramente é feita uma
introdução sobre o sentido do tempo e da
velocidade nas organizações e sobre o
significado de espaço, desde o modelo
taylorista-fordista de produção até o modelo
econômico hegemônico que se formou após a
queda do Muro de Berlim. Na segunda parte
é feita uma análise da evolução e
manipulação do sentido do tempo e do
significado do espaço à luz do fenômeno da
globalização e dos processos de privatização,
decorrentes da aplicação do modelo
neoliberal, bem como dos paradoxos e
contradições encontrados no paradigma
espaço-tempo. Por fim, realiza-se uma
aplicação dos conceitos, paradoxos e
contradições associados ao paradigma
espaço-tempo desenvolvidos neste artigo,
para a análise da atividade de operação de
sistemas elétricos no Brasil.
 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................