Uma Análise da Influência da Flexibilização do Trabalho sobre a Satisfação do Trabalhador e o Comportamento de Cidadania Organizacional

Harrison Bachion Ceribeli, Thaisa Prado Mignacca

Resumo


À medida que as organizações passaram a adequam as características do trabalho para atender as expectativas e anseios dos funcionários, surgiu a necessidade de compreender como isso afeta diferentes dimensões do comportamento humano no trabalho. Neste contexto, objetivou-se, com a presente pesquisa, analisar como a flexibilização do trabalho influencia a satisfação do trabalhador e como ambas afetam o comportamento de cidadania organizacional. O método de pesquisa utilizado foi a survey e, para análise dos dados, foi empregada a técnica de Modelagem de Equações Estruturais, adotando-se conjuntamente a Análise Fatorial Confirmatória e a Análise de Caminhos. Analisando os resultados obtidos, constatou-se que o comportamento de cidadania organizacional é influenciado positivamente pela satisfação do trabalhador e negativamente pela flexibilização do trabalho. Ademais, verificou-se que os arranjos laborais flexíveis impactam positivamente a satisfação no trabalho. Com isso, contribui-se para o avanço da compreensão acerca dos antecedentes da cidadania organizacional e, ao mesmo tempo, dos impactos da flexibilização do trabalho.

DOI: dx.doi.org/10.21714/1679-18272019v17Ed.p88-104


Texto completo:

PDF 88-104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




..................................................................................................................................................................................................................................................................................