Imagens que Matam: o imaginário do pânico midiático no novo cinema oriental

Erick Felinto

Resumo


Inicio com uma afirmação estranha: todo fantasma é um aparato comunicacional. Moldado pelo material flexível e etéreo do ectoplasma, o fantasma é uma tecnologia de comunicação eficaz que conecta nossa realidade com o mundo do além. Por volta da primeira metade do século XIX, acreditava-se que o fantasma fazia uso do "magnetismo animal" para poder manifestar-se. Essa energia universal, explorada pelo médico Anton Mesmer em suas curas "milagrosas" na Europa do século XVIII, seria a chave para o mistério da comunicação espiritual.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUDRILLARD, Jean. Simulacres et Simulation. Paris: Galilée, 1981.

BAUDRILLARD, Jean. Tela Total: Mito-Ironias do Virtual e da Imagem. Porto Alegre: Sulina, 2002.

CALABRESE, Omar. A Idade Neobarroca. Lisboa: Edições 70, 1988.

CONNOR, Steven. "Voice, Technology and the Victorian Ear". Disponível em http://www.bbk.ac.uk/eh/eng/staff/phones.htm. Consultado em 13 de outubro de 2003.

CONNOR, Steven. "Edison's Teeth: Touching Hearing". Disponível em http://www.bbk.ac.uk/eh/skc/edsteeth. Consultado em 03 de janeiro de 2004.

FREUD, Sigmund. Obras Psicológicas Completas - Edição Standard (Vol. XVII - 1917-1919). Rio de Janeiro: Imago, 1976.

HOBERMAN, J. & ROSENBAUM, J. Midnight Movies.New York: Da Capo Press, 1983.

KITTLER, Friedrich A. Gramophone, Film, Typewriter. Stanford: Stanford University Press, 1999.

LUHMANN, Niklas. The Reality of the Mass Media. Stanford: Stanford University Press, 2000.

SCHMIDT, Leigh Eric. Hearing Things: Religion, Illusion, and the American Enlightenment. Cambridge: Harvard University Press, 2000.

SCONCE, Jeffrey. Haunted Media: Electronic Presence from Telegraphy to Television. Durham: Duke University Press, 2000.

SFEZ, Lucien. Critique de la Communication. Paris: Seuil, 1988.

SKAL, David J. The Monster Show: a Cultural History of Horror. New York: W.W. Norton & Company, 1993.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

© 1996-2017 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil