Das Intensidades às Depurações da Paixão na Imagem: mutações do gesto e do acontecimento no fotojornalismo

Benjamim Picado

Resumo


Avaliamos as questões da discursividade visual do fotojornalismo moderno, a partir da expressividade somática dos personagens de acontecimentos: as relações entre gestos e posturas dos actantes das imagens e a intensificação passional da expressividade corporal, com o valor dramático/discursivo que assumem, na cobertura dos acontecimentos. Ao final, avaliamos o processo histórico de uma depuração da intensidade passional dos gestos, como interrogação do campo profissional do fotojornalismo acerca dos impasses decorrentes da reiteração destas chaves «superlativas» da expressividade na imagem.

Palavras-chave


fotojornalismo; paixões; narrativa; gesto

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.34176/icone.v15i1.230700

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Sem derivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

ISSN 2175-215X

© 1996-2019 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil