A Fotografia como Experiência de Si: álbuns virtuais e imagens íntimas

Osmar Gonçalves dos Reis Filho, Larissa Souza Vasconcelos

Resumo


propõe a investigar de que modo a prática de produzir e publicar fotos da vida privada na internet pode transformar o dia-a-dia dos sujeitos, possibilitando a eles uma outra experiência de si e do espaço onde vivem. Trata-se de dar início também à busca por uma estética do cotidiano, de tentar compreender por que, afinal, o banal, o próximo e o comum têm ganhado, cada vez mais, destaque nas produções visuais contemporâneas. Para isso, estabeleceremos um diálogo com o álbum virtual da fotógrafa paraense Tayná Borges, produzido ao longo de dois anos e deletado por ela em 2010.

Palavras-chave


fotografia; álbuns virtuais; modos de subjetivação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

ISSN 2175-215X

© 1996-2018 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil