Futuro Ancorado: a questão das interfaces na exploração criativa da fotografia digital

Bella Valle

Resumo


As emergentes e complexas potencialidades criativas próprias da fotografia numérica permanecem mascaradas sob interfaces e aparelhos que metaforizam processos analógicos e oferecem comandos supostamente simples e ingênuos de simulação. A conseqüência são fotografias estereotipadas por configurações préestabelecidas por programas industriais. Para verificar e discutir a questão, são analisadas aqui as interfaces de dois programas gráficos (Photoshop e Lightroom), além de discutidas as consequências estéticas provocadas pelo seu uso padrão. Elas impõem uma relação com os fotógrafos que, se não os afastam de um conhecimento mais profundo sobre o digital, certamente não os estimula a desvendá-lo, comprometendo uma criação fotográfica mais elaborada.

Palavras-chave


fotografia digital; interface; Photoshop; Lightroom; estereotipia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Diretórios e Indexadores: Sumários, LivRe/CNEN, Periódicos UFPE, .periódicos. CAPES (em atualização).

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

© 1996-2017 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil