“Não Outra Cidade, Outro Mundo” - Valparaíso: paisagem histórica viva em fotografias

Pio Figueiroa

Resumo


Valparaíso, no Chile, desvela em nós uma atmosfera dupla, a primeira nítida, inusitada pela sua geografia de encostas, casas suspensas, escadas íngremes, longas; outra, uma segunda, aparece espessa, como o seu costumeiro fog matinal, e esta tem a espessura de uma narrativa rarefeita. A arquitetura desse lugar demonstra o quanto de dinheiro, pessoas e navios transitaram por ali até o final do século XIX. Transparece na cidade esta história residente numa estrutura invertida que aponta para o passado. Tudo por aqui foi muito mais do que é. Em dias atuais menos coisas circulam e o vazio é determinante na paisagem de ruas com um ritmo de longos intervalos. Se come bem, encontram-se sorrisos de uma sociabilidade amigável. E permanece o cheiro de um porto que foi importante no trânsito mundial do que se trazia e se levava pelo mar. O século XX desconsiderou essa história, e, entre vários, a construção do Canal do Panamá foi um dos fatores que conteve grande parte das funções que por aqui aportavam. Desde de 1914, os navios fazem outra rota e deixam essa cidade sombreada pelo movimento que lhe deixou faz um século.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Diretórios e Indexadores: Sumários, LivRe/CNEN, Periódicos UFPE, .periódicos. CAPES (em atualização).

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

© 1996-2017 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil