Considerações Epistemológicas Acerca do Lugar da Imagem na Produção de Saber Formal

André Carvalho de Moura

Resumo


Trata-se de levantar algumas considerações epistemológicas a respeito do lugar da imagem na produção de saber científico. Por razões históricas, o pensamento ocidental se afastou dos estatutos plurais do conhecimento – imagem, poesia e arte – objetivando uma única via de verdade, formulável em discurso. Nesse sentido, os pensadores recuperados aqui apresentam a necessidade de reconciliar o logos cindido, colocando em questão, no entanto, um possível terceiro lugar epistemológico. Este tropos de investigação, que não reside nem na inteira estrutura do eu e nem na sua completa exterioridade, parece encontrar chave no que alguns autores entendem como anacrônico – enquanto suspensão tempo cronológico e sobrevivência de diversas temporalidades. Sendo assim, a imagem, na medida em que é inatual, verte-se em possibilidade metodológica, agenciando saberes e práticas reflexivamente profícuas para análise do objeto de estudo.

Palavras-chave


imagem; tempo; anacrônico; epistemologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

ISSN 2175-215X

© 1996-2018 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil