Análise Bibliométrica da Produção Científica brasileira sobre Jornalismo Visual entre 2012 e 2018

Greice Schneider, Renata Benia, Andressa Pedrosa

Resumo


O panorama atual do jornalismo visual aponta não somente para os variados recursos integrantes da composição informacional, mas para uma relação dos protocolos de produção e recepção; sobre como a interação e diálogo entre os elementos visuais podem privilegiar um novo espaço para o agenciamento de leitura e experiências estéticas com a informação. A preocupação deste estudo é compreender, a partir da pesquisa bibliométrica, qual é o estado da arte de tal temática nas publicações brasileiras de 2012 até 2018, e para isso, são abarcadas as produções inseridas em revistas científicas e anais de eventos que versam sobre infografia, jornalismo visual, jornalismo gráfico e multimídia. Com este estudo, espera-se corroborar com pesquisas futuras preocupadas com o jornalismo visual, alargando assim o estado da arte desta temática, a partir de um olhar mais profundo sobre as possíveis lacunas, fragilidades, potencialidades e perspectivas no terreno das produções científicas.

 

Palavras-chave


pesquisa bibliométrica; infografia; jornalismo visual; multimídia

Texto completo:

PDF

Referências


AUSSERHOFER et al. The datafication of data journalism scholarship: Focal points, methods, and research propositions for the investigation of data-intensive newswork. Journalism: UK, 2017..

BARBOSA, S.; DA SILVA, F.; NOGUIRA, L. Análise da convergência de conteúdos em produtos jornalísticos com presença multiplataforma. Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano, n. 2, p. 139-162, jun. 2013.

BARROS, A. Do obstáculo especular à ilusão epistemológica na teoria da fotografia. Revista Matriz, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 219-235, jan-jun 2014.

BARTHES, R. O Óbvio e o Obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

CAIRO, A. What should you show in a graphic? Some guidelines for breaking-news online infographics. Design Journal, n. 99, 2006.

CASADEI, E.; RODRIGUES, K.; BIERNATH, C. O não dito em infográficos: jornalismo de dados, discurso constituinte e silêncio como efeito de sentido. Revista de Estudos da Comunicação, v. 17, n. 43, p. 101-1007, set-dez, 2016.

DE SOUZA, J. Infográfico: modos de ver e ler ciência na mídia / Infographics: Ways of Seeing and Reading Science in Media. Bakhtiniana, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 190-206, maio-ago, 2016.

FERNANDES, D.; BERBERT, E. Infografia: De Leonardo da Vinci à Folha de S. Paulo: os caminhos para redigir graficamente. Revista Conceitos, v. 1, n. 26, p. 24-38, jan-jun, 2018..

GOMBRICH, E. Arte e Ilusão: um estudo da psicologia da representação pictórica. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

GOMBRICH, E. Gombrich Essencial: textos selecionados sobre arte e cultura. Porto Alegre: Bookman, 2012.

JUNIOR, W.; BARBOSA, E. A infografia multimídia como narrativa jornalística e as possibilidades do HTML5. Brazilian Journalism Research, v. 2, n. 2, 2015.

MANOVICH, L. O que é visualização. (Trad.) RIBEIRO, A.E., PAIVA, F.A., ROCHA, V. Estudos em jornalismo e mídia. Florianópolis, v. 8 n. 1, p. 146-172, 2011.

MITCHELL, W. J. T. Como caçar (e ser caçado por) imagens: entrevista com W. J. T. Mitchell. Entrevista concedida a Daniel Portugal e Rose de Melo Rocha. E-compós, Brasília, v. 12, n. 1, jan-abr., 2009.

MITCHELL, W. J. T. Iconology - Image, Text, Ideology. Chicago: The University of Chicago press, 1987.

MITCHELL, W. J. T. Picture Theory: Essays on Verbal and Visual Representation. Chicago: University of Chicago Press, 1995.

RITCHIN, F. Bending the Frame: Photojournalism, Documentary, and the Citizen. New York: Aperture, 2013.

RODRIGUES, K.; BIERNATH, C. História da infografia: da mera ilustração à valorização narrativa. In: Alcar 2015, 03-05 jun. 2015, UFRGS, Porto Alegre: Rio Grande do Sul. Anais do 10º encontro nacional de história da mídia. ISSN 2175-6945.

SANCHO, J. De Pablo. Infoperiodismo. El periodista como creador de infografía. Madrid: Editorial Síntesis, 1999, 238 p. Ressenyes, 26, 2001. 247-251.




DOI: https://doi.org/10.34176/icone.v18i2.241558

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

ISSN 2175-215X

© 1996-2019 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil