O PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO CAMPONESA NO SUL E SUDESTE DO PARÁ

Rafael Benevides de Sousa, Jéssica Paulino dos Santos, Kelly Cristina Martins Fonseca dos Santos

Resumo


Este artigo é resultado de uma pesquisa bibliográfica sobre o processo de territorialização camponesa no sul e sudeste do Pará. Os objetivos se dão no âmbito de compreender os elementos e especificidades que corresponde a essa territorialização nessa parte da Amazônia. A metodologia de pesquisa foi feitapor meio do levantamento bibliográfico e de dados documentais secundários da Comissão Pastoral da Terra (CPT), o que nos possibilitou o entendimento desse campesinato regional. Como resultado e discussão desse trabalho, destacamos as complexidades da questão agrária que se intensifica nessa região a partir da década de 1950, os impactos sociais dos projetos de desenvolvimento, a migração camponesa e a luta pela terra-território. Destacamos ainda que o sul e sudeste do Pará são umas das regiões brasileiras com maior número de assentamentos rurais, demonstrando a força camponesa e dos movimentos e entidades sociais nesse campo em disputa.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 
 
 LATINDEX
 
Thumbnail
 
 
Sumários.org