A política do esquecimento nas crônicas de Luis Fernando Veríssimo

Ana Maria Montardo

Resumo


Este trabalho pretende fazer uma análise da abordagem do tema da política do esquecimento
nas crônicas de Luis Fernando Veríssimo. Em um primeiro momento, são feitas algumas observações
sobre a relevância deste cronista no âmbito intelectual brasileiro. Em um segundo momento, é feita uma
reflexão sobre o apagamento de memória coletiva através de seus textos, com ênfase maior nas crônica
Bobos e Dois Acrobatas. O objetivo dessa reflexão é analisar como a política do esquecimento é utilizada
como um instrumento de manutenção do autoritarismo do Estado. O enfoque dado será de orientação
sociológica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.