O gênero carta - variedade, uso e estrutura

Ana Souto Maior

Resumo


O interesse em estudar as diversas formas textuais de comunicação social despertou-nos para
a realização de um trabalho de pesquisa no âmbito do texto. Estudamos a carta, uma das formas mais
antigas de comunicação escrita, que se diversificou, acompanhando a “complexificação” sócio-cultural
da sociedade. Consideramos este gênero textual histórica e socialmente situado, como uma forma
lingüisticamente realizada (Marcuschi, 2000:13) e percebemos que ele está presente nas diversas práticas
sociais, pessoais ou comerciais, servindo como meio usual e prático para a comunicação e documentação
das variadas relações pessoais e comerciais, modificando-se e adaptando-se aos meios pelos quais é
transmitida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.