A CHARGE – INTERTEXTUALIDADE E INTERDISCURSIVIDADE PRESENTES EM SUA CONSTRUÇÃO

Vitória Vieira Kurtz

Resumo


Este artigo fundamenta-se na teoria da Análise do Discurso (ORLANDI, 2003) de filiação pecheuxtiana. A partir de uma metodologia adequada à teoria, este texto se propõe a trabalhar com a análise de uma charge que trata sobre redes sociais e sua relação com a organização de protestos. Pretende-se, com a análise dessa materialidade, apreender os sentidos que a partir dela podem ser produzidos e, principalmente, colocar em evidência o processo de intertextualidade e de interdiscursividade que se instaura no momento de construção da charge, o que nos leva a compreender que ela sempre se apoia em um discurso prévio que lhe serve de matéria-prima.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.